Casamento de Sonho II by Cláudia & Pedro

Hoje venho adiantar-vos as primeiras fotos deste casamento de sonho, onde finalmente, a menina sonhadora com coração puro, se une ao seu príncipe tão amado.

A descrição deste dia será emocionante, pois será contada na primeira pessoa.


“Acordei com o despertador, eram 7h30m. Ninguém estava em casa. Fui tomar banho, vesti o vestido rosa comprido que a minha irmã me comprou. Coloquei o alfinete que ela fez. Dizia: Noiva feliz.”

“Chega o Zé, o meu cabeleireiro. Logo depois chega a Jenny, a maquilhadora . Fomos conversando e aos poucos via o sol a entrar pela janela  
Chegam os meus pais e a minha sobrinha. Logo depois chegam os fotógrafos! 3 homens ali sempre à minha volta! Só me ria 

Na porta estava colocado: Noiva em preparação  Ficou um pormenor fofo! 

A cruzeta do meu vestido estava colocada no varão das cortinas. Escrevi na cruzeta o meu diminutivo  No chão estavam os sapatinhos. Tenho a certeza que ficaram fotos fantásticas! 

“A Sra. Laura diz-me:  temos de vestir a noiva  Foi fácil, apesar da cauda de 3 metros, aguentei-me bem.  O pormenor que coloquei no vestido foi um grande laçarote na parte detrás. Colocar os brincos, a pulseira, o perfume.

Olhei-me ao espelho: “Mas o que é isto???” Acho que nunca me tinha sentido tão bonita e elegante! 

  

“O meu priminho chegou e coloquei-lhe o lacinho rosa na camisa  “

“As minhas irmãs chegaram pouco depois, vinham chiquérrimas!!!” 

 “De repente, um dos meus cunhados coloca à minha frente o portátil e começa a dar um vídeo com fotos minhas e do meu amor. Aparece o meu príncipe a falar!  Só me lembro de dizer que tinha chegado o nosso dia e que tinha uma surpresa para mim. A minha irmã entrega-me o presente. Uma linda pulseira da Pandora com as nossas iniciais e um coração. É tão tolo o meu príncipe!!! Quase que me estragava a maquilhagem!!!  

Cláudia fica absorvida a pensar no seu príncipe encantado, desejosa de o ver e a imaginar como ele estaria…

E cá está ele lindo e elegante como seria de esperar 😀

Pedro está muito feliz e vai pensando na sorte que teve em encontrar esta menina de coração puro, que ao longo de todos estes anos o conquistou e hoje finalmente se tornará a mulher da sua vida para sempre.

Entretanto…

“Ouço os carros a apitar. Era o meu príncipe que estava a passar pela minha rua, seguido por todos os convidados. Dizem-me que já posso sair. Antes disso, coloco a dália na lapela do meu pai e desço a escadaria frontal da casa. Dia lindo, sem uma nuvem! O calor a tocar-me no corpo e o ar de Verão a encher-me os pulmões. Entrei no carro. Lá vamos nós a caminho da quinta!”

“Eis que chegamos à quinta. Estava atrasada uns 7 minutinhos. Nada de mais  Começo a ouvir a música da minha entrada. A minha sobrinha vai colocando as flores e eu espero, agarrada aos meus pais. A minha irmã dá sinal para entrarmos… chegou o momento!”

“A entrada com os meus pais! Só fazia sentido entrar com os dois, pois foram os dois que me criaram, me fizeram a pessoa que hoje sou! Amo-vos ♥”

“Ouço a voz da Ana Celeste a cantar “Para ti Maria” de Mafalda Arnauth.

Começo a ver alguns convidados, muitos sorrisos, alguns com os olhos lacrimejantes.  O jardim… simplesmente lindo… olho para a frente e vejo o meu príncipe de costas… de repente ele vira-se e olha para mim com um sorriso de orelha a orelha. Ele estava tão lindo!  Uma aura de paz desceu sobre mim e caminhei com os meus pais. Sentia os meus pais nervosos, chorosos. Eu estava feliz, tranquila, serena. Os nervos foram embora, a ansiedade desapareceu, a felicidade encheu o meu coração e a calma desceu sobre mim! Amo-te! ♥”

“Ele estava com os olhos cheios de água… Os meus pais seguram na minha mão direita e entregam-na. O meu lindo noivo deu-me um beijo na testa e abraçou os meus pais. “

“O meu papá tira a dália da lapela e coloca na do meu amor Lindo 

“Viro-me para trás e aceno a todos os nossos convidados. Cumprimento o nosso grande amigo que iria abençoar-nos e sento-me, dando a mão ao meu amor.”

“A cerimónia foi indescritível… por mais que eu queria explicar como foi é difícil encontrar palavras para tanta emoção e tanta beleza. O nosso amigo tem uma voz penetrante, como se fosse Deus a falar. Não houve ninguém que não tivesse elogiado a sensação de paz que a voz dele transmite! Disse coisas tão bonitas, tão sentidas…  apesar da cerimónia ter sido escrita por nós, ele quis acrescentar algumas partes. Não tenho palavras para o que ele fez! Foi maravilhoso, único!  As leituras, escolhidas por nós, foram lidas por pessoas muito especiais para nós . A minha irmã leu uma dedicatória para nós e aí começou o choro . Disse coisas tão profundas, tão emocionantes, que nem me lembro bem do que ela disse… E os Ensemble Minnesang… esplêndidos. Sempre a intervir no momento certo com músicas que me faziam soluçar cada vez mais…”

“Mas eis que chega o momento da troca das alianças e aí aconteceu algo ainda mais belo do que tinha acontecido até ali. O nosso amigo disse: “Que entre a menina das alianças”. Todos olham para trás à espera de encontrar uma menina, talvez… mas essa menina era a minha avó, a minha querida segunda mãe de 88 anos! Segurava nas mãos o porta-alianças e ao som de “Somewhere over the rainbow” ela veio até nós! Foram muitas as lágrimas! Abracei-a com todas as minhas forças.” 

“Era este o pedido que lhe tinha feito e que ela aceitou  Foi um dos momentos mais emocionantes. No fim soube que toda a gente soltou a lagrimazinha, até mesmo as pessoas que trabalham na quinta  Dissemos os nossos votos pessoais e trocamos as alianças 

“Fizemos a mistura das areias e no fim, soltamos as pombas brancas como homenagem às pessoas queridas que já faleceram. Elas voaram as duas, juntas e as lágrimas corriam pela face  Beijamo-nos e fomos abençoados por uma imensa chuva de pétalas e de arroz “.

“Cumprimentamos cada um dos convidados. Os elogios eram imensos. As maquilhagens estavam borratadas  notava-se a nostalgia das pessoas! A minha sogrinha agarrou-se a mim. Disse-me que antes queria que casássemos pela Igreja, mas agora sabia que tínhamos tomado a decisão certa! Sinceramente, acho que a nossa cerimónia foi pura, verdadeira, singular, onde reinou o amor e nada mais do que isso  Tudo se conjugou perfeitamente… as músicas, a decoração, o sol, o céu azul… a ambiência foi mágica e inesquecível 

Seguiu-se uma sessão de fotos muito especial:

Após entrarem no belíssimo salão a festa teve início…

Mesa dos noivos
Os convidados tiveram oportunidade de assistir a danças de salão
O noivo foi surpreendido por uma dança do ventre feita pela noiva e os pais da noiva por um fado cantado pela noiva, “Namorico da Rita” de Amália Rodrigues.
Desta forma foi entregue o ramo das solteiras.
A festa animada continuou…
E só foi interrompida para o belíssimo corte do bolo que se seguiu:
E após este dia de sonho que foi o culminar de uma bela história de amor e de um sonho de criança foram felizes para sempre:

Se vocês também tiveram um dia de sonho e gostariam de o ver retratado aqui no blog entrem em contacto comigo através de: oteucasamento@gmail.com.

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *